terça-feira, 3 de abril de 2007


Eu tenho uma inquietação que me faz buscar novas experiências e aventuras, desbravar fronteiras, superar limites, descobrir novos lugares, conversar com outros povos, mudar de clima, provar outros sabores, ver novas paisagens, fazer as pazes com o tempo, estar feliz, equilibrada, transformada.

Amyr Klink escreveu, em Mar sem fim, que o homem precisa viajar para lugares que não conhece, para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver.

Quinta saio de férias. Emendarei uma viagem em outra e não sei se conseguirei postar. Na volta terei muitas novidades e fotos.

Bjs aos navegantes.

8 comentários:

Joe Bass disse...

Já conhece a Bélgica?

Renata disse...

Querido Bass, que saudade! Ainda não conheço,mas quem sabe na parte II das minhas férias, em novembro. Bjss.

saco preto disse...

Amiguete! vai com fé! a aproveite bastante.. na volta agt arma o jantarzinho pra ver as fotos e distribuir os presentes.. kkkkkkkkk
vamos sentir saudades

Anônimo disse...

OI, Renata!

Que bom vê-la novamente na Blogosfera!! Sorry se descobri agora, dpeois de 3 meses que vc havia voltado....só descobri por causa do blog do Joe.
Boa viagem!!
Karina (ex-Catarina, a Grande)

Coala disse...

Como definir uma viagem aventureira:
- Será ficar a deriva no meu do lada;
- Bater o carro no meu do nada;
- Ficar perdido nas proximidades da Linha Amarela no Rio de Janeiro ou
- chegar no Aeroporto todo ensopado e ainda conseguir embarcar.

Junto tudo no lidiquificador por uns 12min, depois numa forma untada, leve ao forno por 3h.
Ao tirar do forno, experimente, ainda quente, com um bom caldo de feijão.

Coala disse...

Renata,
lembro-a do meu chaveiro da estatua da liberdade e do meu Pavilion.
E tu comprou a camiseta " Eu amo Rio" e a bermuda com o "Pão de Açucar" estampada??? rsrs
Uma ótima viagem. Que Deus a acompanhe.
Bjs.

Terapia Coletiva disse...

Urso, tudo estava fechado.
Fiquei sem saber o que seria 'no meu do nada'.

terapia coletiva disse...

Catarina, a grande escritora!Bem-vinda! Bjss.