domingo, 6 de maio de 2007

Nos últimos meses, pouca coisa tem me dado tanto prazer como sair pra jantar. Considerando que raramente consigo passar do terceiro chopp, sair para beber nunca foi um dos meus esportes favoritos. Cozinhar tem sido uma ótima terapia, mesmo que o meu tempo seja reduzido para minhas incursões culinárias. Outro dia vi o Alex Atala ensinar a fazer Fettuccine de Pupunha à Carbonara. O cara é fera. Foi o primeiro brasileiro a entrar no ranking de 50 melhores restaurantes do mundo, da revista inglesa Restaurant Magazine, e em 2006 faturou o Prêmio Profissional da Gastronomia do Ano. Preciso descolar uma ida a São Paulo pra me esbaldar no cardápio do D.O.M.

3 comentários:

Anônimo disse...

Amiga,
Sampa + boa comida = pode contar comigo! rs
Assim, se quiser compania, é só avisar. Mas acho q vc já sabe disso...
Magali

Terapia Coletiva disse...

Amiguete, estamos de olho nas promoções aéreas. Bjocas!

SACO PRETO disse...

ESTAMOOOOOSSSS!