quinta-feira, 17 de abril de 2008

È un mondo difficile, è vita intensa, felicitá a momenti e futuro incerto...
Cada pessoa reage de uma forma diferente quando está muito cansada/ esgotada. Depois de passar alguns dias trabalhando quase 12 horas diárias, eu tenho ficado tão sensível, parece que os problemas pessoais (que são bem administrados em situações normais de temperatura e pressão) ficam maiores, o aperto no coração aumenta e de vez em quando entro no carro, pós trabalho, e tenho muita vontade de chorar. Parece que tudo que tava acumulado agora vem à tona, por conta da sensibilidade à flor da pele causada pelo esgotamento físico. Ontem até consegui jogar tênis, o que foi um alívio. Pena que ainda não consegui dar uma raquetada em pensamentos que insistem em povoar minha mente, mas que racionalmente falando, já deveriam estar longe. Como diria Marisa, "hoje estou com sintoma de saudade". Saudade de um tempo nem tão distante, que me fez feliz, mas passou. Passou porque tinha que passar. Mas eu, como boa escorpiana que sou, vivo intensamente minhas conquistas e demoro um pouco a digerir minhas perdas. Embora eu não fique chorando em cima do leite derramado, não tenha perfil melancólico, "só cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é ... ", né Caetano? E tem dia que fica mais difícil ser o que é, principalmente quando a gente acorda pela manhã e veste o uniforme de mulher maravilha e sai de casa com aquela postura de que "sou inatingível", disposta a conquistar o mundo. Daí o mundo fica achando que sou fria, racional e calculista. Mas o mundo precisa saber: a mulher maravilha aqui também chora, sente saudade e precisa do colo da mãe. Bom final de semana pra vocês e bom feriado. P.S: o título do post é parte de uma música do Tonino Carotone, vejam aqui o vídeo todo.

2 comentários:

Anônimo disse...

Bom fds de semana pra vc tbem MR!
E lembre que "tudo passa, tudo passaráaaaaaa... mas tudo muda, tudo mudaráaaaaaa hehe
Amo-te!

Beijos da Tia Bibi

Terapia Coletiva disse...

Sua brega! rsss. Bjs e bom fds.