terça-feira, 30 de março de 2010

Depois de uma reflexão sobre o amor, voltamos com nossa programação normal: comentários sobre a diversão que é morar numa cidade com tantas opções culturais.
---
Por aí - parte 1: John Corabi
Sábado rolou o show do John Corabi no Calabouço, em Vila Isabel. Meu desejo era ter visto este show na zona sul, num palco bacana, mas o público de rock & blues não deve dar muito dinheiro e , por isso, o show foi num bar pouco conhecido, mas muito simpático. Para quem não lembra, o John Corabi é o ex vocalista do Mötley Crüe. Atualmente, além da carreira solo, ele também canta no Eric Singer Project. O show foi ótimo. Pena que tinha pouca gente. Se você nunca ouviu falar no John Corabi, em Motley Crue, em Eric Singer, não tem problema, talvez seu estilo musical seja outro. Ou o google te ajuda nessa ou é melhor você passar para o próximo post.
---
Por aí - parte 2: Ritchie
Sim, nós somos ecléticos. Segunda-feira teve show do Ritchie no Teatro Rival e foi ótimo! Claro que eu fui só para acompanhar a insistência do meu marido em ir assistir esse show, já que ele tinha ido comigo no sábado assistir John Corabi *. Por acaso eu conhecia todas as músicas! Se você acha que Ritchie só fez sucesso com Menina Veneno até hoje, não deve lembrar de Casanova ("Boa noite Rainha, como vai? Sou o seu coringa, o seu ás, luvas de couro, meias de seda brilham ao luar"), Pelo Interfone, Vôo de Coração, etc. Os ingressos foram gratuitos, houve gravação de um programa pela MPB FM e a casa lotou! Eu me diverti horrores. O Ritchie continua com a mesma cara de sempre. A banda arrasou!

*Tá, é mentira. Foi o contrário.

9 comentários:

Na Estrada... disse...

Mas que coisa héim? Este post está todo invertido. he he O show do J. Corabi foi minha idéia, enquanto o Ritchie foi idéia da dona deste Blog!!!! Mas admito, curti os dois shows (mesmo preferindo o Corabi), gostaria de agradecer duas pessoas: a Dona do Calabouço (nome do lugar do Show do John Corabi na Tijuca) Sra. Nane, que foi uma gracinha de pessoa com a gente e ao meu amigo e guitarrista do Ritchie: Rodrigo Nogueira, que mesmo não sendo necessário arrumar ingressos VIPs, foi lá fora do Teatro Rival nos encontrar antes do show.

Adoro nossa parceria cultural. rs

Terapia Coletiva disse...

Coloque suas mãos para o céu porque eu não gosto de pagode! rs.

Na Estrada... disse...

Diz que não gosta de pagode, mas gosta de calça branca! rs

"Raise your hands for me!" ha ha ha ha

Que venham os shows ainda este ano do Bon Jovi, U2, Govt Mule (EUA) e o que mais vier de bom. bjs

Sergião disse...

não sei o que gosto mais, de me divertir com vcs dois trocando recados ou das variações radicais de temas deste blog Terapêutico,

continuem felizes assim ad eternun dupla!

sergião

Terapia disse...

Calça branca fica bom para norueguês, fique bem claro! Isso não se aplica aos brasucas.

Sergiones, a nossa vida é feita de veriações radicais de tema (nossa, que brega, acho que foi o show de segunda). O blog só é a fotografia disso.

Beijos, meninos!

Na Estrada... disse...

Ainda não?

Terapia Coletiva disse...

A editora esteve fora aproveitando a balada paulista no feriado e, na segunda, teve que se virar nos 30 para colocar "óculos escuros no bibi novo". Agradecemos a ajuda de Paulo, o funcionário que vive dentro do GPS desta empresa familiar e contamos com a compreensão dos leitores no atraso da atualização deste prestigiado blog. A Gerência.

Sergião disse...

rarararara

Juliane disse...

Amiga, tinha me esquecido como vc é divertidamente inteligente, ou seria inteligentemente divertida?? Whatever! It doesn't matter!!!
Tbm sei todos os sucessos do Richie! hahahahahaha

Bjus