terça-feira, 24 de junho de 2008

Fico impressionada como as pessoas justificam o próprio fracasso ou insatisfação olhando para fora e não para onde deveriam: dentro delas mesmas. Concluir que o outro é mais feliz ou resolve tudo mais fácil porque: ele ganha melhor e pode comprar o que quer e/ou ele tem emprego melhor, etc, é a maior estupidez. É um tiro no próprio pé, atitude de quem só olha o meio copo vazio, nunca o meio copo cheio. Atitude de quem não quer se mover pra tentar resolver nada. Achar que o mundo é cruel e que " se Deus quiser a minha hora vai chegar" é a atitude mais passiva que eu já vi na vida. Não estamos tirando daqui o mérito de se ter fé, mas achar que isso, por si só, já é o suficiente, são outros quinhentos. Lembrei de uma parábola que fala de uma situação dessas:

"Uma pequena cidade do interior estava enfrentando uma enchente, cada vez mais o nível do rio estava subindo, então resolveram evacuar a cidade. Levaram toda a população embora, menos o padre que resolveu permanecer na igreja. Os bombeiros foram buscá-lo, mas ele disse pra não se preocuparem que Deus viria pegá-lo. Passaram duas horas. O rio subindo cada vez mais. Os bombeiros mandam um barco buscar o padre, e ele na mesma, dizendo que Deus iria ajudar. Mais duas horas e nem os barcos podiam ir lá, então mandaram um helicóptero buscar o padre que se recusou a ir porque Deus iria ajudá-lo. Como não tinham mais nada a fazer, desistiram do padre, e o padre morreu afogado. Chegando ao céu ele foi direto falar com São Pedro: - Mas por que? Sempre tive uma vida correta. Porque Deus não foi me ajudar? Aí São Pedro explodiu: Mas como, até um helicóptero para te salvar nós mandamos ..."

A piadinha acima explica bem a atitude passiva de algumas pessoas. Por mais que aconteça ajuda externa, uma hora elas deverão ter a coragem para fazer algum movimento e pular no barco para serem salvas. Nem sempre a ajuda que esperamos vem no formato que idealizamos. Por isso, reclamar ad eternum é mais fácil. Afinal, curtir uma deprêzinha porque tudo vai mal é mais fácil do que tomar as rédeas da própria vida. Se você acha que a vida está contra você, ela está mesmo. Prove a ela o contrário. Beijos, navegantes, e até o próximo post!

8 comentários:

Anônimo disse...

Coincidência ou não, recebí durante a noite esta frase de uma amiga querida, que ajuda bem no tema:

"Nunca ore suplicando cargas mais leves e sim ombros mais fortes" (Phillips Brooks)

Tambem me lembro de um filme, onde o cara pergunta ao samurai algo do tipo: um homem pode mudar seu destino? e o samuca responde:
"o guerreiro deve fazer o melhor que pode, até que seu destino lhe seja revelado"

Phillips era um pastor...o samurai certamente um budista...ambos certos numa coisa...a passividade não é nem nunca foi a melhor atitude...

tenha uma quarta feira feliz Twinzinha, bj doce,

TW

Terapia disse...

Adorei ;-) Bjks.

Playmobil Falante disse...

Já pensei em suicidar-me, mas é muito perigoso.
Balacobaco hoje às 19h!

Playmobil Falante disse...

É convite para suícidio coletivo - vamos ver até onde aguentam esses fígados!

Playmobil Falante disse...

Tim Tones

Glória

Tim Tones

Sabrina Rocha disse...

É isso aí...mãos a obra!

Terapia disse...

To dentro!!! Oba...

Dona Lele disse...

Ah, o post da discordia...